Fundo Criatec tem R$ 200 milhões para startups

Empresas inovadoras, em estágio inicial e com alto potencial de crescimento são o foco de um novo fundo criado pelo BNDES e gerido pela Inseed Investimentos. O Criatec 3 tem R$ 200 milhões para apoiar startups nas áreas de Tecnologia da Informação e da Comunicação, Biotecnologia, Agronegócio, Novos Materiais e Nanotecnologia. Segundo Alexandre Alves, diretor de prospecção da INSEED, as startups que quiserem participar do fundo devem apresentar tecnologias realmente inovadoras, escaláveis e relevantes para o consumidor. Empresas com faturamento líquido de até R$ 12 milhões podem participar. Dentro de cada área de interesse, os setores mais buscados pelo fundo são conectividade e banda larga, aplicações para mobile e smart device, tecnologias embarcadas e inteligentes, big data, biofármacos, meio ambiente, agroindústria, energia e biocombustíveis, biotecnologia, nanotecnologia, insumos para agropecuária, gestão e inteligência, defesa nacional e segurança pública, energia, atividades espaciais, saúde médico odontológica, tribologia eletrônica, magnetismo e fotônica, recursos naturais e biológicos, petroquímica, biotecnologia e têxtil. Para participar, o empreendedor deve apresentar demonstrativos financeiros dos últimos três anos, estrutura de custos detalhada e perfil de faturamento detalhado por cliente e por oferta de valor. O fundo avalia ainda o comportamento do empreendedor. Os principais pontos são comprometimento com o negócio, postura construtiva e colaborativa, desprendimento, capacidade técnica e de gestão, experiências profissionais anteriores e ética. Os investimentos serão feito ao longo de 10 anos. A Inseed faz aportes nos quatro primeiros anos e depois acompanha o desenvolvimento por mais seis anos. Os valores aportados por empresa variam de R$ 1,5 milhão a R$ 10 milhões. As startups interessadas devem apresentar um proposta no site do fundo. Data da publicação: 26/02/2016 Fonte: https://revistape/gn.globo.com/Startups/noticia/2016/02/fundo-criatec-tem-r-200-milhoes-para-startups.html?ref=circuitostartup