A due diligence como forma de gerar segurança ao investidor

Na qualidade de investidor, é comum se deparar com determinados negócios que parecem promissores, mas é fundamental que se investigue se determinadas sociedades seriam mesmo boas oportunidades para investimento.

Ademais, é preciso avaliar os riscos envolvidos no negócio, antes de contribuir para seu desenvolvimento. Nesse sentido, a realização de uma auditoria legal na sociedade, denominada “due diligence”, poderá auxiliá-lo no processo de tomada de decisão.
Confira abaixo mais informações sobre esse procedimento!

O que é due diligence?
A due diligence consiste na análise e auditoria jurídica das informações da empresa investida, com o objetivo de confirmar e avaliar os dados que foram disponibilizados pela sociedade ao investidor, mensurando os riscos atinentes à situação de referida empresa.

Qual a abrangência?
A due diligence pode ser realizada com escopo amplo ou restrito. Aquela com escopo amplo envolve questões de ordem fiscal, trabalhista, societária, imobiliária, ambiental, relacionada a propriedade intelectual, dentre outras, além dos contextos operacionais e tecnológicos.

A extensão da due diligence dependerá, porém, das condições do negócio, tais como a natureza da atividade envolvida.

Esse conjunto de atividades auxilia o investidor a avaliar os ativos e passivos contábeis e jurídicos da empresa na qual pretende investir, sendo determinante, ainda, para se definir qual será a estruturação societária adotada no caso.

Qual o resultado?
Terminado o processo de due diligence, é fornecido um relatório jurídico sobre os documentos e informações analisadas, no qual se apontam qual a situação da sociedade e quais os eventuais riscos ou condicionantes. O relatório de due diligence pode ser crucial para a tomada de decisão pelo investidor, apresentando-se como uma etapa bastante conveniente para a análise da atividade.

Você tem em vista alguma sociedade a ser investida?

Já avaliou a possibilidade de realizar uma due diligence?

Deixe seus comentários abaixo!

Data: 12/08/2014
Carolina Esser
Melo Campos Advogados

Para mais informações necessárias à gestão jurídica da sua empresa, assine nossa newsletter!


Posts recentes